Torneio de basquetebol

Realiza-se nos dias 23 e 24 de fevereiro os torneios de basquetebol do ensino básico e secundário respetivamente.
O torneio é de 3:3 entre as turmas do 7º, 8º, 9º e 10º anos. 
Torneio 5:5 para o 11º e 12º anos.
 
Quadro Competitivo

Inscrições para os EXAMES e PROVAS

Os alunos do 11º e 12ºanos, dos Cursos Cientifico-Humanísticos e os alunos dos Cursos Profissionais, que queiram ingressar no Ensino Superior, devem fazer OBRIGATORIAMENTE a sua inscrição na 1ª FASE dos EXAMES NACIONAIS e nas PROVAS DE EQUIVALÊNCIA à FREQUÊNCIA.
A inscrição será feita na secretaria da escola, de 13 a 24 de fevereiro, no seu horário de funcionamento.

Concurso "SER FERNÃO"

A Escola Secundária Fernão Mendes Pinto está a promover um concurso para a criação de um mural/painel, à entrada da escola, com o tema «SER FERNÃO», alusivo ao seu patrono e à própria história da escola.
O presente concurso é dirigido a todos os alunos da Escola, do ensino Básico e Secundário, e as candidaturas poderão ser apresentadas de forma individual ou coletiva.

Batismo de Vela e Canoagem

Foi no passado dia 8 de fevereiro que os alunos do Percurso Curricular Alternativo, turma 5 do 7º ano, acompanhados pelos professores Nuno Sousa e Gil Rodrigues, passaram a tarde no Alfeite, mais propriamente no Clube Náutico de Oficiais e Cadetes da Armada. O objetivo foi proporcionar aos alunos uma tarde escolar diferente e o “batismo” em modalidades náuticas, nomeadamente, na Vela e Canoagem.

Tarde equestre na APTEC

Sob o lema “Venha descobrir como um cavalo pode mudar a sua vida!”, a APTEC-Associação Portuguesa de Terapias Equestres e Complementares, na Sobreda, proporcionou aos alunos do 7º5 uma experiência diferente, na tarde do dia 22 de fevereiro. Mais uma iniciativa organizada pelos professores Cristina Azevedo, coordenadora do percurso Alternativo, e Nuno Sousa, professor de Ed. Física da turma, no sentido de proporcionar vivências enriquecedoras e diferentes aos alunos.

Para ti, avô

 
Foi aluna do Curso de Línguas e Humanidades e sempre sentiu vontade de escrever um livro que dedicaria ao avô, de quem mantém muitas memórias, apesar de com ele ter privado apenas em tenra idade. Um dia, uma aula de Literatura Portuguesa produziu nela o clique que a levaria a escrever a obra que agora publicou.