Nunca é de mais elogiar o papel das bibliotecas

O blogue DE RERUM NATURA, sobre a Natureza das Coisas, publicou um texto do Físico Carlos Fiolhais, intitulado "O Futuro dos Livros e das Bibliotecas" e que apresenta uma reflexão sobre o papel destes elementos na era do digital.
 
http://dererummundi.blogspot.com/2010/04/o-futuro-dos-livros-e-das-bibli...
Jorge Luís Borges
 
 
    Eis um excerto:
 
     "A "Biblioteca de Babel" inteiramente digital é uma utopia ao nosso alcance, pois é viável tecnologicamente, assim haja vontade política para isso. Será um projecto mais para uma organização internacional como as Nações Unidas do que para uma empresa multinacional, como a Google, mas poder-se-á pensar numa parceria entre público e privados. A ideia da "Biblioteca de Babel" não é original pois já o escritor argentino Jorge Luís Borges escreveu um conto com esse mesmo título, com a diferença de que a biblioteca borgiana era excessivamente grande: tinha tudo o que já se escreveu e se pode algum dia vir a escrever, em qualquer língua do mundo, quando eu me contentaria com tudo o que já algum dia se escreveu, de forma organizada e para ser divulgado. É difícil conceber a mudança que poderia resultar, nas nossas vidas, do facto de termos acesso a esse repositório imenso de saber e de sonho, de conhecimento e de imaginação!"