É preciso refletir e AGIR!

Segundo dados do Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA), da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR)em 2019 já contamos com 28 mortes – 28 mulheres assassinadas em contexto de relações de intimidade ou familiares, o que significa, em média, 3 mulheres assassinadas todos os meses.

Segue esta tarde, em direto, a partir das 15h00, o painel de debate sobre o tema, promovido pelo Ministério de Educação e realizado no Agrupamento de Escolas Gil Vicente, em Lisboa.
Link para acesso -  https://dge.mec.pt/videodifusao